logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Sesau garante saúde da visão com Ambulatório Estadual de Oftalmologia em Alagoas

COMPARTILHE

A Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau) tem assegurado a saúde da visão por meio do Ambulatório Estadual de Oftalmologia, que faz parte do Programa Ver Melhor e oferece procedimentos nas modalidades eletiva clínica e cirúrgica. Localizado no Hospital Metropolitano de Alagoas, em Maceió, o ambulatório realiza cirurgias de catarata, pterígio, injeção intravítrea, e cirurgia de calázio e pálpebras.

Inaugurado como o primeiro ambulatório oftalmológico no serviço público de Alagoas, o Ambulatório Estadual de Oftalmologia se tornou uma referência em saúde ocular, beneficiando milhares de alagoanos ao longo dos anos. Em comemoração ao Dia da Saúde Ocular, celebrado nesta quarta-feira (10), a Sesau destaca os avanços alcançados na área oftalmológica no Estado.

O Secretário de Estado da Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, ressalta o compromisso da pasta em garantir assistência médica de qualidade em todas as especialidades. Ele enfatiza que a visão é um sentido precioso e que a rede pública de saúde deve oferecer serviços oftalmológicos essenciais à população.

O Ambulatório Estadual de Oftalmologia conta com uma equipe multidisciplinar, composta por oftalmologistas, anestesiologistas, enfermeiros especializados, técnicos de enfermagem, entre outros profissionais da saúde, que realizam entre 400 e 500 consultas por mês, além de 150 a 200 cirurgias mensais. Esses números contribuem para reduzir a demanda reprimida existente em Alagoas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 70% das pessoas cegas no mundo poderiam recuperar a visão com um tratamento preventivo adequado. Portanto, a atuação do Ambulatório Estadual de Oftalmologia é fundamental para a promoção da saúde ocular em Alagoas.

Para ter acesso aos serviços oferecidos pelo ambulatório, o paciente deve ser encaminhado por uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município de residência, por meio do Sistema de Regulação do Estado (Sisreg), onde passará por uma avaliação médica e, se necessário, será encaminhado para cirurgias e procedimentos oftalmológicos.

Com informações e fotos da Sesau/AL

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade