logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Sesau alerta sobre prevenção da leptospirose durante período chuvoso para evitar contágio por bactéria.

COMPARTILHE

Com a chegada do inverno, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) está alertando a população alagoana sobre os cuidados necessários para evitar a leptospirose durante o período de chuvas. A doença é transmitida através do contato com água contaminada pela urina de ratos infectados pela bactéria leptospira.

A médica veterinária e assessora técnica da Sesau, Bianca Suruagy, ressalta a importância de evitar o contato com a água de enchentes, esgoto e transbordamento de rios e córregos, que podem estar contaminados com a urina dos ratos portadores da leptospira. Ela destaca que a leptospirose é uma doença infecciosa febril, de início súbito, podendo variar de uma forma leve a grave.

Para prevenir a leptospirose, Bianca Suruagy recomenda evitar o contato com a água contaminada e, caso necessário, utilizar botas, capas e luvas de borracha. Além disso, é fundamental o uso de água tratada para consumo e higienização dos alimentos. A veterinária também enfatiza a importância de lavar os alimentos com água limpa e potável, e, se necessário, utilizar hipoclorito de sódio, que é distribuído mensalmente para os municípios.

Os sintomas da leptospirose são semelhantes aos da gripe, incluindo dores de cabeça, febre, dor muscular, icterícia, manchas na pele e escurecimento da urina devido a problemas renais. Em Alagoas, até o momento, foram registrados 11 casos da doença em 2024, sendo oito em Maceió, dois em Capela e um em Coité do Nóia, sem registro de óbitos segundo o Ministério da Saúde.

Diante da suspeita da doença, é recomendado procurar a unidade de saúde mais próxima. Em casos leves, as Unidades Básicas de Saúde podem ser procuradas, enquanto em situações mais graves, é necessário buscar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). A prevenção e a busca por atendimento adequado são essenciais para combater a leptospirose e proteger a saúde da população.

Com informações e fotos da Sesau/AL

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade