logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Mais de 3,5 mil voluntários comparecem ao Hemoal na campanha Junho Vermelho, em Alagoas.

COMPARTILHE

Durante a campanha Junho Vermelho, que teve como objetivo conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue, o Hemocentro de Alagoas recebeu um total de 3.556 voluntários. Os dados foram divulgados pelo Núcleo de Processamento de Dados da Hemorrede Pública de Alagoas no dia 2 de julho de 2024.

Ao longo dos 30 dias da campanha, 1.980 candidatos à doação de sangue compareceram nas unidades do Hemoal em Maceió, sendo 919 na Via Expressa, 959 na Trapiche e 102 na Farol (que opera apenas às terças-feiras). Além disso, na unidade de Arapiraca, foram contabilizados 1.046 comparecimentos, e na Unidade de Coleta e Transfusão de Coruripe, que funciona às quintas-feiras, 131 pessoas estiveram presentes.

Outros 399 voluntários participaram das coletas externas, que fazem parte do Programa Hemoal no Seu Município. Deste total, 180 compareceram às ações itinerantes promovidas pelo Hemoal Maceió e 219 nas iniciativas realizadas pelo Hemoal Arapiraca.

Um dos destaques desta campanha foi a presença da dona de casa Rosilete Silva, que esteve na Unidade Trapiche, em Maceió, no dia 13 de junho e foi homenageada com uma medalha pela sua doação voluntária de sangue. Rosilete expressou sua emoção e gratidão, destacando a felicidade que sente em contribuir para salvar vidas.

A diretora do Hemoal, médica Verônica Guedes, enfatizou a solidariedade do povo alagoano ao mencionar os números expressivos de voluntários que atenderam ao apelo da campanha. Ela agradeceu a todos os servidores e voluntários que participaram da ação, ressaltando a importância do gesto de doar sangue.

Para ser elegível para a doação de sangue, é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar no mínimo 50 quilos e apresentar um documento de identidade com foto. Além disso, existem critérios específicos para casos como tatuagem, maquiagem definitiva, colocação de piercing e histórico de doenças infecciosas. O intervalo entre a vacinação contra a Covid-19 e a doação de sangue também é importante e varia de acordo com o tipo de vacina recebida.

Em resumo, a campanha Junho Vermelho foi um sucesso em Alagoas, contando com a participação ativa da população que se mobilizou para ajudar a abastecer os estoques de sangue do Hemocentro da região. A solidariedade e o comprometimento dos voluntários foram fundamentais para o êxito dessa iniciativa.

Com informações e fotos da Sesau/AL

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade