logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Desafios da alfabetização no Brasil: Câmara debate caminhos para melhorar índices internacionais

COMPARTILHE

A Câmara dos Deputados do Brasil se prepara para debater os desafios da alfabetização no país em sessão marcada para esta terça-feira, dia 9 de julho, às 16 horas. A solicitação para a realização dessa discussão partiu do deputado Nikolas Ferreira (PL-MG), que expressou profunda preocupação com o estado atual da alfabetização brasileira.

Ferreira destacou a deficiência educacional ao afirmar que “a alfabetização da população brasileira é um grande problema. Ainda existem muitos brasileiros que não são capazes de ler e escrever corretamente, apesar dos esforços realizados ao longo dos anos”. Ele argumenta que essa falha é um obstáculo significativo para o desenvolvimento nacional.

Dados recentes de 2021, coletados pelo Progress in International Reading Literacy Study (PIRLS), pintam um quadro alarmante sobre a alfabetização no Brasil. O país ficou nas últimas posições, superando apenas a Jordânia, o Egito, Marrocos e África do Sul entre 65 nações e regiões avaliadas. Em contraste, países como Azerbaijão e Uzbequistão apresentaram resultados muito melhores, enquanto nações como Singapura, Irlanda e Hong Kong lideraram o ranking.

O deputado Ferreira frisou que os dados de 2021 refletem os impactos negativos da pandemia de Covid-19, que resultou no fechamento de escolas e comprometeu a continuidade do ensino. “Esse levantamento revela o impacto direto da pandemia em nossa educação”, afirmou.

Além do PIRLS, o Brasil também teve um desempenho insatisfatório no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA) de 2022. Na avaliação de matemática, o país alcançou uma pontuação média de 379 pontos, abaixo da média de outros países latino-americanos como Chile (412), Uruguai (409) e Peru (391).

Esses resultados deixam claro que a alfabetização no Brasil está aquém do desejado e, consequentemente, prejudicando o desenvolvimento intelectual e econômico do país. A Comissão de Educação da Câmara está incumbida de buscar soluções eficazes para esse problema, visando a garantir avanços significativos para as futuras gerações.

Essa reunião é uma oportunidade crucial para analisar os obstáculos que o sistema educacional brasileiro enfrenta e discutir estratégias de melhoria que possam ser implementadas em curto e longo prazos. Políticos, educadores e especialistas esperam chegar a um consenso sobre medidas práticas que possam ser adotadas para reverter essa situação alarmante e promover uma educação que realmente contribua para o desenvolvimento da sociedade brasileira.

Com informações e fotos da Câmara dos Deputados

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade