logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Samu alerta para aumento de acidentes com motociclistas em Alagoas, reforçando uso de equipamentos de proteção

COMPARTILHE

Durante o período de janeiro a maio deste ano, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) registrou um aumento significativo no número de atendimentos a vítimas de acidentes envolvendo motociclistas. A Central Maceió do Samu Alagoas prestou assistência a 1.214 ocorrências, enquanto a de Arapiraca atendeu 1.119 pessoas.

Os acidentes com motocicletas, na maioria das vezes, são ocasionados pela falta do uso de equipamentos de proteção adequados. De acordo com Arnaldo Santtos, a questão da segurança dos motociclistas tem sido frequentemente discutida nas instâncias responsáveis pelo trânsito. O não uso do capacete, que é o principal equipamento de proteção para os motociclistas, tem gerado um alto número de atendimentos pelo Samu.

A enfermeira Beatriz Santana, coordenadora geral do Samu Maceió, ressalta a importância do uso adequado do capacete, que pode fazer a diferença entre uma lesão leve e uma fatal. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o uso do capacete é obrigatório e crucial para prevenir lesões graves em caso de acidentes. No entanto, muitos motociclistas têm negligenciado essa medida de segurança, principalmente na zona rural.

Além do capacete, outros equipamentos de segurança como luvas, jaquetas com proteção, calças reforçadas e botas são fundamentais para a proteção dos motociclistas. Esses itens reduzem significativamente os riscos de lesões em quedas e colisões, proporcionando uma camada extra de segurança para os pilotos.

A condução segura também envolve atenção ao tráfego e respeito às leis de trânsito. A correta utilização da sirene das ambulâncias é essencial, e os motociclistas devem abrir caminho de forma segura em casos de emergência. Nas ruas e rodovias, a prática de pilotar entre os carros, conhecida como “corredor”, requer habilidade e precaução, seguindo as normas estabelecidas pelo CTB.

Por fim, campanhas educativas, fiscalizações rigorosas e o uso adequado de equipamentos de segurança são medidas essenciais para reduzir o número de acidentes envolvendo motociclistas. A conscientização dos motociclistas sobre sua vulnerabilidade e a importância de uma pilotagem segura são fundamentais para garantir a segurança no trânsito.

Com informações e fotos da Sesau/AL

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade