logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Lutou bravamente! CRB vence o segundo jogo, devolve o placar do castelão, mas perde nos pênaltis para o Fortaleza na final da Copa do Nordeste

COMPARTILHE

CRB fez uma partida histórica e apesar da derrota nos pênaltis deixou os torcedores orgulhosos do time.
Foto: Francisco Cedrim

No último confronto pela Copa do Nordeste, o CRB enfrentou o Fortaleza com a difícil missão de reverter o placar adverso de 2 a 0, sofrido no jogo de ida. Com muita garra e determinação, o Galo da Praia jogou bravamente em Maceió, devolveu o placar de 2 a 0 no tempo regulamentar e levou a decisão para os pênaltis. Apesar da derrota por 5 a 4 nas cobranças, a torcida do CRB saiu do estádio orgulhosa e satisfeita com a postura e a luta do time alagoano.

O jogo começou tenso, com o CRB precisando do resultado e impondo pressão desde os primeiros minutos. Logo aos 5 minutos, o Fortaleza teve que substituir Moisés, lesionado, o que trouxe um alívio temporário para a defesa regatiana. O primeiro tempo foi equilibrado, com chances para ambos os lados, mas foi na segunda etapa que o CRB brilhou.

CRB fez uma partida histórica e apesar da derrota nos pênaltis deixou os torcedores orgulhosos do time.
Foto: Francisco Cedrim

João Neto, destaque da noite, marcou dois gols no segundo tempo, incendiando a torcida e igualando o placar agregado. O primeiro gol veio aos 21 minutos, após uma cobrança de escanteio, e o segundo aos 42 minutos, aproveitando um rebote. Com o empate no agregado, a partida foi decidida nos pênaltis.

Nas penalidades, Anselmo Ramon perdeu a primeira cobrança do CRB, mas seus companheiros marcaram todos os outros pênaltis. Pelo lado do Fortaleza, todos os cobradores foram precisos, com Pikachu garantindo o título ao marcar o último gol da série, encerrando a disputa em 5 a 4 para o time cearense.

Apesar da derrota, a torcida do CRB encheu o Estádio Rei Pelé e apoiou o time até o fim, demonstrando um orgulho imenso pela exibição do Galo. O técnico Daniel Paulista elogiou a atuação do time e destacou o desempenho impressionante de João Neto: “Estamos chateados pela não conquista do título, mas acho que o CRB deixou seu torcedor orgulhoso pelo que fez hoje à noite. Enfrentamos uma grande equipe e fomos muito superiores. Não era nosso dia, mas saímos moralmente fortalecidos pelo que fizemos na competição e no jogo de hoje”, declarou o treinador.

Essa partida memorável reforça o orgulho de ser nordestino e a importância de valorizar os times e o bonito futebol da região. O CRB mostrou que, apesar de ser de um estado menor, tem a força e a paixão de uma grande equipe. A torcida alagoana, sempre presente e fervorosa, provou mais uma vez ser o 12º jogador em campo.

Agora, o CRB se concentra na Série B do Campeonato Brasileiro, com o próximo desafio sendo contra o América-MG, no próximo sábado (15), às 15h30, no Mineirão. Já o Fortaleza volta suas atenções para a Série A, onde enfrentará o Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador, na próxima quinta-feira (13), às 21h30.

A garra demonstrada pelo CRB na final da Copa do Nordeste é um exemplo de determinação e paixão pelo futebol, valores que devem ser exaltados e comemorados em todo o Brasil. Avante, Galo da Praia!

0

LIKE NA MATÉRIA