logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Ozempic e Wegovy: Semaglutida aumenta risco de forma rara de cegueira, diz estudo americano

COMPARTILHE

Imagem de freepik
Imagem de freepik

Um estudo recente publicado na JAMA Ophthalmology revela uma potencial ligação entre o uso do medicamento semaglutida (vendido sob as marcas Ozempic e Wegovy) e o desenvolvimento de uma condição rara chamada neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica (NAION). Essa condição pode levar à perda súbita de visão.

A pesquisa foi conduzida utilizando dados retrospectivos de pacientes avaliados por neuro-oftalmologistas em uma instituição acadêmica dos EUA.

A neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica (NOIANA) é a segunda forma mais comum de neuropatia óptica e uma causa significativa de cegueira entre adultos.

Entre os 16.827 pacientes estudados, aqueles que usavam semaglutida apresentaram uma incidência significativamente maior de NAION em comparação com aqueles que usavam outros medicamentos para diabetes tipo 2 ou controle de peso.

A incidência acumulada de NAION foi de 8,9% entre os usuários de semaglutida, contra 1,8% entre os que usavam outros medicamentos para diabetes.

Entre os pacientes com sobrepeso ou obesidade, a incidência foi de 6,7% para os usuários de semaglutida, em comparação com 0,8% para os que usavam outros medicamentos para controle de peso.

Os resultados sugerem uma associação entre o uso de semaglutida e um risco aumentado de NAION, mas os pesquisadores destacam que mais estudos são necessários para confirmar a causalidade dessa relação.

A condição, causada pela interrupção do fluxo sanguíneo para o nervo óptico, não tem tratamento conhecido e é frequentemente permanente.

A Novo Nordisk, fabricante dos medicamentos, expressa preocupações sobre a metodologia do estudo e a interpretação dos dados, mas enfatiza a prioridade na segurança dos pacientes. Mais pesquisas são necessárias para esclarecer os riscos.

1

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade