logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Ação da Vigilância Sanitária combate venda de cigarro eletrônico em Maceió.

COMPARTILHE

A Vigilância Sanitária de Maceió promoveu uma importante ação educativa no último final de semana com o objetivo de combater a comercialização de cigarros eletrônicos nos bairros do Salvador Lyra, Benedito Bentes e Centro da cidade. As equipes do órgão estiveram em locais estratégicos distribuindo panfletos informativos e oferecendo orientações sobre os perigos associados ao uso desses aparelhos.

Essa iniciativa não se restringiu apenas à população em geral, mas também alcançou os estabelecimentos comerciais locais, visando reforçar as informações sobre os prejuízos do cigarro eletrônico para os consumidores e a proibição estabelecida pela Resolução da Diretoria Colegiada (RDC nº 855/2024) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Airton Santos, chefe especial da Visa Maceió, ressaltou a importância da conscientização da população sobre os riscos à saúde associados ao uso de cigarros eletrônicos, que engloba a proibição de fabricação, importação, comercialização, distribuição, armazenamento, transporte e propaganda desses dispositivos. Ele enfatizou que é vital proteger a saúde da comunidade, especialmente dos jovens, que são os principais usuários desse tipo de produto.

A ação da Vigilância Sanitária, que contou com a participação efetiva em diversos pontos da cidade, visa alertar a população sobre os danos à saúde causados pelo cigarro eletrônico e fortalecer as medidas de combate à sua utilização. Através da informação e conscientização, a intenção é minimizar os impactos negativos do consumo desses produtos na saúde das pessoas, contribuindo assim para uma melhor qualidade de vida e bem-estar da comunidade local.

Além disso, as imagens divulgadas mostram a equipe em ação nos bairros beneficiados pela iniciativa, reforçando o compromisso da Vigilância Sanitária em proteger a saúde pública e combater práticas prejudiciais à população. Esta ação educativa reforça a importância da responsabilidade de todos na promoção de um ambiente saudável e livre de substâncias nocivas, garantindo o bem-estar e a segurança de todos os cidadãos de Maceió.

0

LIKE NA MATÉRIA