logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Festival Junino em Maceió surpreende público e promove cultura nordestina com excelência.

COMPARTILHE

O 22º Festival Junino, realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Sesc Alagoas e com o apoio da Fundação Municipal de Ação Cultural de Maceió (FMAC), superou as expectativas de organizadores e participantes, marcando o encerramento de três dias de festa e folia na última sexta-feira (7).

O evento teve a presença da Associação dos Folguedos Populares de Alagoas (Asfopal), que estreou no festival este ano, levando seus mestres até as escolas para ensinar sobre os principais folguedos alagoanos, como o Pastoril, Guerreiro, Coco de Roda, Fandango, entre outros. O presidente da associação, Ivan Barsand, celebrou a parceria com a Semed e ressaltou a importância de levar a cultura popular para as crianças desde cedo.

As apresentações durante os três dias do festival surpreenderam positivamente a todos os presentes, destacando a força e a vitalidade dos folguedos e danças tradicionais. Luiz Maciel de Araújo, auxiliar de sala da Escola Municipal Pompeu Sarmento, foi responsável por idealizar e produzir os figurinos dos alunos, que se apresentaram ao som de ritmos do Sertão, como forró, xaxado e baião.

Além das apresentações de quadrilha, o festival também contou com a participação de Silvânia Nascimento, fundadora e ex-coordenadora do Folclore do Sesc Alagoas, coreografando e participando da apresentação de dança country junto com o grupo de idosos. Ela ressaltou a importância de manter viva a cultura folclórica do estado.

Para os alunos da Escola Pompeu Sarmento, o festival não se resumiu apenas à apresentação da quadrilha, mas representou uma oportunidade de aprender mais sobre a cultura nordestina e os festejos juninos. O projeto intitulado Balão Dourado busca inserir as crianças nas tradições juninas e educá-las sobre a cultura local.

Com atividades como o Festival Junino, a Semed constrói o conhecimento e a história para as crianças, proporcionando um contato prático e vivo com a cultura local. O evento também serve como uma forma de fortalecer a identidade cultural dos estudantes da rede pública municipal de ensino, conectando-os com suas raízes e tradições.

O sucesso do Festival Junino evidencia a importância de celebrar e preservar as tradições culturais nordestinas, mantendo viva a rica diversidade folclórica do estado de Alagoas. A colaboração entre diversas entidades e a participação entusiasta de alunos e servidores demonstram o poder transformador da cultura popular e tradicional.

2

LIKE NA MATÉRIA