logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

São Paulo privatiza 17 milhões de usuários em linhas de trem em processo de concessão.

COMPARTILHE

O governo do estado de São Paulo planeja privatizar as linhas 11 – Coral, 12 – Safira e 13 – Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que juntas atendem mais de 17 milhões de passageiros por mês. A iniciativa faz parte do processo de concessão que terá início com três audiências públicas para ouvir a opinião da sociedade civil a respeito do projeto.

A Linha 11 começa na região central de São Paulo e se estende até a zona leste, passando por municípios como Poá e Mogi das Cruzes. Já a Linha 12 faz um trajeto semelhante, enquanto a Linha 13 conecta a área central da capital ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. O governo planeja expandir a Linha Jade, demandando a construção de dez novas estações e a requalificação da infraestrutura das linhas.

Porém, a transferência das linhas para a iniciativa privada levanta questões sobre obras pendentes. Um levantamento do Tribunal de Contas do estado aponta que as melhorias no sistema elétrico das linhas 11 e 12, que deveriam ter sido finalizadas em 2015, estão paralisadas. Apesar disso, a CPTM garante que as linhas estão operando normalmente e que a conclusão das obras está próxima.

Essa não é a primeira vez que a privatização de linhas de trens em São Paulo gera controvérsias. As linhas 8 e 9, privatizadas anteriormente, enfrentaram uma série de falhas no início da concessão, levando o Ministério Público a intervir. Após um TAC assinado com a empresa responsável, melhorias foram implementadas e uma indenização foi paga para compensar os danos causados.

Diante desses aspectos, a privatização das linhas de trens em São Paulo é um tema que divide opiniões e exige cuidado na transição entre os setores público e privado, visando garantir a segurança e a qualidade do serviço para os usuários. O governo deverá conduzir o processo com transparência e responsabilidade, levando em consideração o interesse da população e a eficiência do sistema de transporte coletivo.

Com informações da EBC
Fotos: © Rovena Rosa/Agência Brasil / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA