logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

RS auxilia mais de 5 mil famílias afetadas por enchentes com Auxílio Reconstrução

COMPARTILHE

Nesta sexta-feira (5), mais 5.621 famílias que foram desabrigadas ou desalojadas por enchentes no Rio Grande do Sul receberão a parcela única do Auxílio Reconstrução, cujo objetivo é auxiliar na recuperação dos bens perdidos. Essa iniciativa, que foi criada em maio por meio da Medida Provisória nº 1.219, já beneficiou mais de 255,8 mil famílias, totalizando um valor de R$ 1,3 bilhão depositado nas contas bancárias dos beneficiários na Caixa Econômica Federal (CEF).

Segundo dados oficiais, 117 municípios gaúchos foram reconhecidos em situação de calamidade pública devido às fortes chuvas, resultando na habilitação de 274,7 mil famílias no programa. No entanto, cerca de 22 mil famílias ainda necessitam confirmar as informações fornecidas pela prefeitura no site para que possam receber o montante de R$ 5.100 previsto como auxílio.

Uma das grandes vantagens desse benefício é que não existe critério definido para utilização do recurso federal. Isso significa que as vítimas do desastre climático têm total liberdade para decidir como empregar o socorro recebido.

Para ter acesso a esse apoio, as prefeituras devem cadastrar no site oficial as informações das famílias residentes em áreas afetadas pelas enchentes, que foram desabrigadas ou sofreram perdas. O prazo final para o cadastramento de novas famílias foi prorrogado pelo governo federal e se encerrará no dia 12 de julho.

Além disso, foi divulgada uma lista com 444 cidades que tiveram reconhecida a situação de emergência ou calamidade pública, onde as famílias afetadas podem solicitar o benefício. Os moradores do Rio Grande do Sul podem verificar se o município em que residem está apto a realizar o cadastro no link disponível.

Portanto, o Auxílio Reconstrução surge como uma importante medida de apoio às famílias que foram prejudicadas pelas enchentes no estado, permitindo a recuperação dos danos e oferecendo um suporte financeiro necessário nesse momento de adversidade. O governo federal se mostra sensível às necessidades dessas populações afetadas e busca agilidade no processo de reconstrução e recuperação das áreas atingidas.

Com informações da EBC
Fotos: © Bruno Peres/Agência Brasil / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade