logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo reconhecerá as melhores fotografias em duas categorias

COMPARTILHE

As imagens que acompanham trabalhos jornalísticos podem impactar, informar e trazer sensibilidade e beleza ao texto jornalístico. Com o objetivo de valorizar o trabalho desses profissionais da fotografia, a edição 2024 do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional traz duas categorias: o Prêmio Nacional de Fotografia e o Prêmio Fotográfico Júlio Serra.

O autor da melhor foto de acordo com o júri receberá R$ 14 mil pelo Prêmio Nacional de Fotografia. A comissão julgadora será formada por profissionais internos e externos ao Banco do Nordeste, que desempenhem suas atividades em estados que integram a área de atuação da instituição.

Prêmio Fotográfico Júlio Serra

Júlio Serra foi empregado do Banco do Nordeste durante mais de três décadas e construiu sua carreira como fotógrafo da instituição. Em 2023 faleceu, já aposentado. Para homenagear o ex-funcionário, o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional criou o Prêmio Fotográfico Júlio Serra, que vai reconhecer um autor ou autora de imagem jornalística com R$ 8 mil via votação on-line pelo público.

A superintendente de Marketing e Comunicação do BNB, Evineide Dias, ressalta que essa categoria não se confunde com o Prêmio Nacional de Fotografia, cujo vencedor será definido pela comissão julgadora. “Nesta edição, homenageamos um ex-colega querido que dedicou sua vida profissional ao Banco do Nordeste por meio da fotografia. Logo estão garantidas premiações a pelo menos dois fotógrafos, já que temos o prêmio nacional de fotografia. Lembro que trabalhos de quaisquer mídias, inclusive foto, concorrem também nas premiações estaduais e no Grande Prêmio Nacional.

Após a definição dos trabalhos profissionais vencedores das premiações nacionais, estaduais, extrarregional e universitária, será aberta a votação on-line para o Prêmio Fotográfico Júlio Serra.

Inscrições

O Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo reconhece trabalhos profissionais e acadêmicos que retratam ações promotoras de desenvolvimento regional na área de atuação do BNB. O concurso tem objetivo de potencializar a visibilidade de ações capazes de promover o desenvolvimento regional, com sustentabilidade.

Ao todo, o Prêmio de Jornalismo vai distribuir R$ 300 mil e 31 troféus à imprensa e estudantes. O destaque é o Grande Prêmio Nacional, que concederá R$ 38 mil ao melhor trabalho com a temática “Energias renováveis e seus impactos sociais, ambientais e econômicos”.

A categoria Nacional ainda vai reconhecer Projetos Multimídia e de Audiovisual, com R$ 23 mil cada; de Áudio, com R$ 16 mil e de Texto, com R$ 15 mil. Conhecidos esses vencedores, passam-se às premiações estaduais, que vão conferir troféu e R$ 8 mil a um profissional de jornalismo de cada estado do Nordeste, de Minas Gerais e do Espírito Santo. A modalidade Extrarregional destinará R$ 12 mil ao melhor trabalho de fora do perímetro de atuação da empresa.

O ganhador entre as inscrições dos estudantes de Comunicação Social ou Jornalismo vai receber R$ 8 mil. Um projeto universitário de cada estado onde o BNB atua será premiado com R$ 5 mil, outra novidade desta edição.

Podem concorrer publicações entre 1º de março de 2023 e 30 de junho de 2024, mesma data limite para as inscrições. O regulamento do Prêmio está disponível na página do Banco do Nordeste na internet.

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade