logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Prazo para devolução de taxa de inscrição do CNU termina hoje. Reembolso será em agosto.

COMPARTILHE

O prazo para solicitar a devolução da taxa de inscrição no Concurso Nacional Unificado (CNU) encerra neste domingo. Essa medida visa beneficiar candidatos que não puderem realizar as provas devido ao adiamento do exame, que inicialmente estava previsto para 5 de maio e foi remarcado para 18 de agosto devido à situação de calamidade pública no Rio Grande do Sul.

Os participantes que desejarem solicitar o reembolso poderão fazê-lo através do sistema online do concurso, acessando a área do candidato com login e senha do portal do governo federal Gov.br. É necessário informar os dados bancários para que o valor seja devolvido corretamente. Vale ressaltar que somente o titular da conta indicada poderá receber o reembolso. A devolução do valor só será realizada após a realização das provas em agosto.

Os candidatos de nível médio pagaram R$ 60 de taxa de inscrição, enquanto os de nível superior desembolsaram R$ 90. Ao total, o CNU conta com mais de 2,1 milhões de inscritos entre pagantes e isentos da taxa. A oferta é de 6.440 vagas em cargos de nível médio e superior, em diversos órgãos do serviço público federal, com salários iniciais que podem chegar a R$ 22,9 mil.

O modelo do concurso consiste na aplicação simultânea das provas em 228 cidades de todo o Brasil e no Distrito Federal. O objetivo é promover igualdade de oportunidades de acesso aos cargos públicos, padronizar procedimentos, aprimorar os métodos de seleção e garantir a impessoalidade em todas as fases do processo seletivo.

O resultado final do candidato será divulgado em 21 de novembro, com a previsão de posse nos cargos públicos para janeiro de 2025. O CNU é uma oportunidade para quem deseja ingressar no serviço público federal de forma transparente e padronizada, assegurando a meritocracia e a eficiência na seleção de novos servidores.

Com informações da EBC
Fotos: © Joel Rodrigues/Agência Brasíli / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade