logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Polícia Federal: nova fase da Operação Lesa Pátria busca financiadores dos atos golpistas.

COMPARTILHE

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira (20), a vigésima oitava fase da Operação Lesa Pátria com o intuito de identificar os financiadores e fomentadores dos atos golpistas ocorridos em 8 de janeiro, quando as sedes dos Três Poderes em Brasília foram invadidas e depredadas. Nessa nova etapa da operação, estão sendo cumpridos um total de 27 mandados, sendo 15 de busca e apreensão e 12 de busca pessoal, distribuídos nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

Os alvos principais desses mandados são empresários de Santa Catarina que estiveram envolvidos tanto no financiamento dos atos em Brasília quanto no bloqueio de estradas. Além disso, foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados, uma vez que estima-se que os danos causados ao patrimônio público cheguem a cifras em torno de R$ 40 milhões.

Segundo a Polícia Federal, os fatos investigados nessa operação configuram, em tese, crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido. A gravidade desses crimes exige uma investigação minuciosa e a responsabilização dos envolvidos.

A Operação Lesa Pátria tem como objetivo principal preservar a ordem democrática e a integridade das instituições do país, coibindo práticas de desestabilização e atentados contra a democracia. A Polícia Federal segue atuando de forma incisiva para identificar e punir todos aqueles que, de alguma forma, tentam subverter a ordem constitucional e cometer atos lesivos à pátria e ao povo brasileiro.

Com informações da EBC
Fotos: © Policia Federal/divulgação / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade