logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Operação resgata 12 trabalhadores em condições análogas à escravidão em fazenda no Maranhão.

COMPARTILHE

Uma ação recente realizada no Maranhão resgatou 12 trabalhadores que estavam em condições semelhantes à escravidão em uma fazenda na cidade de São Raimundo das Mangabeiras. A operação foi conduzida pela Polícia Federal em conjunto com o Ministério Público do Trabalho e o Ministério do Trabalho e Emprego. Além disso, outras fazendas nos municípios de São Domingos do Azeitão, Pastos Bons e São João Dos Patos também foram alvo da ação de fiscalização em busca de trabalhadores em situações degradantes.

Após receberem denúncias sobre a existência de condições de trabalho análogas à escravidão, as autoridades realizaram a operação no período de 17 a 26 de junho para verificar a veracidade das informações. No entanto, mesmo nas fazendas onde não foram encontrados trabalhadores nessas condições, a fiscalização detectou irregularidades quanto ao cumprimento da legislação trabalhista e das normas de segurança e saúde no ambiente laboral.

Em comunicado, a Polícia Federal informou que as fazendas que estavam descumprindo as normas trabalhistas foram notificadas e autuadas. Essa ação visa garantir o cumprimento dos direitos dos trabalhadores e combater práticas abusivas que desrespeitam a dignidade e a integridade das pessoas envolvidas. Assim, a fiscalização contínua é essencial para coibir e punir aqueles que se aproveitam da vulnerabilidade de trabalhadores para obter benefícios indevidos.

É importante destacar que a luta contra o trabalho escravo é uma prioridade das instituições responsáveis pela aplicação da justiça e defesa dos direitos humanos. A persistência dessas práticas desumanas é inaceitável e exige medidas firmes e eficazes para combatê-las. A divulgação dessas ações e a inclusão de infratores em listas de empregadores irregulares são estratégias de conscientização e punição, visando criar um ambiente de trabalho digno e justo para todos os cidadãos.

Com informações da EBC
Fotos: © Divulgação/Ministério do Trabalho / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade