logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Governo prioriza modernização de sistemas contra enchentes no Rio Grande do Sul. Confira as medidas!

COMPARTILHE

O governo federal divulgou, em uma coletiva de imprensa realizada em Porto Alegre nesta quarta-feira (29), a intenção de priorizar a contratação e execução de projetos de infraestrutura no Rio Grande do Sul que visem modernizar e requalificar os sistemas de proteção contra enchentes existentes no estado. O ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, destacou que projetos que visem a requalificação, troca de bombas, refazimento de diques e atualização dos sistemas existentes terão prioridade para agilização na contratação.

Além disso, o ministro também mencionou a revisão de novos projetos de infraestrutura que estão em fase de financiamento pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a fim de considerar os recentes eventos de enchentes no estado. Segundo ele, é essencial que os projetos estejam atualizados e de acordo com os dados mais recentes para garantir eficiência.

Para proporcionar uma solução definitiva para os problemas de alagamentos, Rui Costa anunciou a contratação de um estudo elaborado por técnicos e especialistas de universidades que irão analisar a situação geral do Rio Grande do Sul e propor soluções estruturantes para evitar novas ocorrências. O ministro ainda sugeriu ao governador do estado, Eduardo Leite, que o governo estadual assuma a gestão de um sistema integrado de prevenção a desastres e proteção contra enchentes, enquanto o governo federal ficará responsável pelos investimentos financeiros.

A proposta visa garantir uma gestão mais eficiente e integrada, envolvendo diversas cidades e colaborando para a proteção geral da região. A sugestão do ministro é que um órgão estadual, uma empresa ou uma superintendência seja responsável por essa gestão integrada. Com essas medidas, o governo federal pretende promover melhorias significativas na infraestrutura de proteção contra enchentes no Rio Grande do Sul, visando a segurança e bem-estar da população local.

Com informações da EBC
Fotos: © Rafa Neddermeyer/Agência Brasil / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA