logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Golden Cross terá que explicar à ANS suspensão de vendas de planos de saúde

COMPARTILHE

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está buscando esclarecimentos da Golden Cross em relação à suspensão da venda de planos de saúde anunciada pela operadora. A ANS alega que não foi informada sobre essa decisão e, portanto, não autorizou a medida.

Em um ofício enviado na última sexta-feira (7), a ANS solicitou explicações à Golden Cross após anúncios na imprensa sobre a suspensão da venda. A agência ressaltou que a operadora não está autorizada a suspender a comercialização de seus produtos na data anunciada (18 de junho) até que a suspensão seja devidamente autorizada pela ANS.

Com relação à parceria para utilização da rede da Amil pelos beneficiários da Golden Cross, a ANS esclarece que não é necessária autorização prévia, desde que esteja em conformidade com a legislação e normas da saúde suplementar. No entanto, a Golden Cross precisa comunicar à ANS qualquer mudança no tipo de contratação que havia sido registrada, como no caso da utilização da rede da Amil.

A ANS destaca que, mesmo com essa parceria e possível mudança na rede de prestadores, a Golden Cross continua responsável pela prestação de assistência aos seus beneficiários. As operadoras são obrigadas a oferecer todos os serviços previstos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, de acordo com os contratos e prazos definidos pela agência.

Até o momento, a Golden Cross não respondeu aos questionamentos da Agência Brasil. Portanto, a ANS aguarda os devidos esclarecimentos por parte da operadora para tomar as medidas necessárias em relação à suspensão da venda de planos de saúde.

Com informações da EBC
Fotos: © Marcello Casal JrAgência Brasil / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA