logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Estação de metrô em SP recebe nome novo em homenagem a quilombo.

COMPARTILHE

O governo de São Paulo realizou uma mudança histórica ao alterar o nome da Estação 14 Bis, que faz parte da futura Linha Laranja do Metrô da cidade, para Estação 14 Bis-Saracura. A decisão, publicada em decreto pelo governador Tarcísio de Freitas, foi motivada por reivindicações de movimentos sociais que buscam resgatar a história do bairro.

A região onde atualmente se encontra o bairro do Bixiga, na região central de São Paulo, abrigava o Quilombo Saracura no final do século 19, nomeado a partir do córrego que cortava a região e que atualmente encontra-se canalizado abaixo da Avenida 9 de Julho. A mudança de nome da estação é um reconhecimento da importância desse quilombo na história local.

A construção da Linha Laranja do Metrô, que conectará a zona norte de São Paulo à parte central da cidade, levou à remoção da escola de samba Vai-Vai, fundada por descendentes do quilombo, após 50 anos de presença no local. Durante as obras, um sítio arqueológico foi encontrado na região, revelando vestígios de ocupações anteriores e objetos relacionados com religiões de matriz africana.

A empreiteira responsável pelas obras obteve dispensa de estudos arqueológicos prévios no Bixiga e no bairro da Liberdade, também marcado pela presença de populações negras. No entanto, a concessionária responsável informou que pretende acelerar os trabalhos arqueológicos na área, aproveitando o período de pouca chuva para intensificar as escavações.

O Movimento Mobiliza Saracura Vai-Vai comemorou a mudança do nome da estação, porém, ainda reivindica que o nome da escola de samba Vai-Vai seja incluído na homenagem. Para o movimento, falar de Saracura é falar de Vai-Vai, escola que nasceu no local em 1930 e continuou o legado do Quilombo Saracura. A luta pela preservação da memória e da história local continua sendo uma pauta importante para a comunidade e os ativistas envolvidos no processo.

Com informações da EBC
Fotos: © Paulo Pinto/Agência Brasil / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA