logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Espanha condena três pela primeira vez por insultos racistas contra jogador brasileiro.

COMPARTILHE

A Espanha condenou três pessoas à prisão por terem proferido insultos racistas contra o jogador brasileiro Vinicius Jr, em um episódio ocorrido durante uma partida entre o Valencia e o Real Madrid, em maio do ano passado. Segundo a La Liga, que é responsável pelo Campeonato Espanhol de futebol, esta é a primeira vez que uma sentença desse tipo é proferida no país.

Os acusados foram considerados culpados por crime contra a integridade moral, com agravante de discriminação por motivos racistas, e foram condenados a oito meses de prisão, além de terem que arcar com os custos do processo. Além disso, ficarão banidos por dois anos de estádios que sediarem jogos organizados pela La Liga ou pela Real Federação Espanhola de Futebol.

Durante a audiência, os réus fizeram um pedido de desculpas a Vinicius Jr e ao Real Madrid, buscando reparar o mal que causaram. A presidente da La Liga, Javier Tebas, ressaltou a importância dessa decisão no combate ao racismo no futebol espanhol, afirmando que a entidade irá identificar e punir aqueles que proferirem insultos nos estádios.

Essa condenação representa um marco na luta contra o racismo na Espanha e serve como um alerta para os torcedores que pretendem usar linguagem discriminatória durante as partidas de futebol. A La Liga, em parceria com outras entidades esportivas, promete intensificar seus esforços para combater esse tipo de comportamento, visando criar um ambiente mais inclusivo e respeitoso nos estádios do país.

Com informações da EBC
Fotos: © JUAN MEDINA / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA