logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Desenrola Pequenos Negócios: Ministro comemora grande procura para renegociação de dívidas.

COMPARTILHE

O programa Desenrola Pequenos Negócios, que visa auxiliar pequenas empresas a superarem dificuldades financeiras, tem se mostrado eficaz e bem-sucedido. Até o final de junho, o volume financeiro renegociado ultrapassou a marca de R$ 2,1 bilhões, beneficiando cerca de 60.864 clientes. A procura por renegociação foi intensa e efetiva, resultando em resultados positivos para os empreendedores envolvidos.

Segundo o ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, a iniciativa tem sido bem recebida e tem contado com a participação ativa dos contadores, que têm incentivado os empresários a aproveitarem a oportunidade de renegociar suas dívidas. França ressalta a importância desse apoio e destaca as vantagens de negociar com os bancos participantes, que representam 73% do total da carteira de crédito das micro e pequenas empresas nacionais.

Uma das grandes surpresas do programa foi o alto índice de empresas que realizaram o pagamento à vista, superando os 90%. Isso mostra a eficiência das condições oferecidas pelos bancos, que estão concedendo descontos consideráveis, muitas vezes acima de 95%, para incentivar a renegociação. França enfatiza que o programa veio ao encontro do compromisso do governo atual de apoiar e fortalecer os empreendedores, e que o próximo passo será a liberação de crédito para esse público.

Para participar do Desenrola Pequenos Negócios, os microempreendedores e pequenos empresários devem entrar em contato com a instituição financeira onde possuem a dívida e verificar as condições oferecidas para renegociação. As condições e prazos variam de acordo com cada banco participante, por isso é importante ficar atento aos detalhes e contatar os canais oficiais de atendimento para obter informações seguras e confiáveis.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) alerta que somente os bancos cadastrados no programa podem oferecer as condições especiais de renegociação, e os empresários devem ficar atentos a possíveis fraudes ou propostas falsas. As oportunidades de renegociação são destinadas a microempreendedores individuais (MEI) e micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, e as dívidas elegíveis são aquelas não pagas até 23 de janeiro de 2024.

Em resumo, o Desenrola Pequenos Negócios tem se destacado como uma importante iniciativa para apoiar e fortalecer o empreendedorismo no país, oferecendo condições favoráveis para a renegociação de dívidas e a retomada das atividades comerciais. Com o apoio dos bancos participantes e a adesão dos empresários, o programa tem contribuído para a recuperação econômica e o fortalecimento do setor de pequenos negócios.

Com informações da EBC
Fotos: © Joédson Alves/Agência Brasil / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade