logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Cantor sertanejo Chrystian morre aos 67 anos em São Paulo por complicações de saúde

COMPARTILHE

O Brasil perdeu um dos grandes nomes da música sertaneja, o cantor Chrystian, de 67 anos, que faleceu em São Paulo. A notícia tem consternado fãs e admiradores, que se lembram da música sertaneja pelas décadas de sucesso ao lado de seu irmão Ralf.

Chrystian enfrentava problemas renais e cardíacos e estava internado no Hospital Samaritano, onde acabou perdendo a batalha contra essas enfermidades. Seu corpo está sendo velado em São Caetano do Sul, cidade onde deixou sua marca na história da música brasileira. Após o velório, o cantor será cremado, em um momento de despedida emocionante para os familiares e amigos.

Ao longo de sua carreira, Chrystian e Ralf lançaram 20 álbuns e venderam mais de 15 milhões de cópias, marcando presença em trilhas sonoras de novelas e conquistando o coração do público com suas canções. A dupla foi reconhecida como parte do quinteto de ouro da música sertaneja, sempre figurando entre as cinco maiores duplas do país.

Em um período de grande sucesso, entre o final dos anos 80 e início dos 90, os irmãos alcançaram a marca de um milhão de cópias vendidas em LPs, feito que só era igualado pelo renomado cantor Roberto Carlos naquela época. Além disso, foram pioneiros ao aderir ao formato de CD para suas gravações, impactando o mercado musical sertanejo.

Chrystian, cujo nome verdadeiro era José Pereira da Silva Neto, nasceu em Goiânia e iniciou sua carreira solo, em inglês, conquistando o público com sucessos como “Don’t say goodbye” em 1973. Sua música e sua voz deixam um legado que continuará vivo na memória e nos corações de todos aqueles que apreciam a música sertaneja. Aos 67 anos, ele deixa a esposa Key Vieira e dois filhos, mas seu impacto na cena musical brasileira permanecerá imortalizado.

Com informações da EBC
Fotos: © Kleberson Martins/K&k Photos/Facebook Chrystian e Ralf / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade