logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Agressores raciais do atleta são punidos e condenados à prisão na Espanha.

COMPARTILHE

O atacante brasileiro Vinicius Júnior celebrou a punição de agressores racistas na Espanha, afirmando que isso pode fazer com que outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras. Em um momento histórico, a La Liga, entidade que organiza o Campeonato Espanhol de Futebol, anunciou que três pessoas foram condenadas à prisão por insultos racistas proferidos contra o jogador.

Vinicius Júnior se pronunciou nas redes sociais, destacando que não é vítima de racismo, mas sim algoz de racistas. Ele ressaltou que a condenação penal não foi apenas para ele, mas sim para todos os indivíduos negros que sofrem com o preconceito racial. O jogador agradeceu à La Liga e ao Real Madrid por auxiliarem nessa condenação histórica e prometeu continuar cobrando atitudes contra o racismo.

Os atos racistas ocorreram durante uma partida entre o Valencia e o Real Madrid em maio do ano anterior. Os torcedores proferiram gritos racistas contra Vinicius Júnior, o que resultou nas condenações dos agressores. Eles foram sentenciados a oito meses de prisão, pagamento dos custos do processo e banimento de estádios por dois anos em jogos da La Liga ou da Real Federação Espanhola de Futebol.

A La Liga enfatizou que essa foi a primeira condenação do tipo realizada na Espanha e que contou com o apoio de diversas entidades, incluindo o próprio jogador vítima dos insultos. Durante a audiência, os réus pediram desculpas a Vinicius Júnior e ao Real Madrid, demonstrando arrependimento por suas atitudes.

Javier Tebas, presidente da entidade, destacou que essa decisão representa uma vitória na luta contra o racismo no país, enviando uma mensagem clara de que as consequências de atos discriminatórios serão severas. A La Liga se comprometeu a identificar e denunciar aqueles que propagam insultos preconceituosos nos estádios, garantindo que haverá punições criminais para tais indivíduos.

Em suma, a condenação dos agressores de Vinicius Júnior marcou um avanço significativo no combate ao racismo no futebol espanhol, sinalizando que tais atitudes não serão toleradas e que medidas serão tomadas para coibir essas práticas discriminatórias. E com a coragem e determinação do jogador brasileiro em levantar essa bandeira, a esperança por um ambiente esportivo mais inclusivo e justo se fortalece.

Com informações da EBC
Fotos: © IMAGO/Ricardo Larreina / EBC

0

LIKE NA MATÉRIA