logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Comissão de Agricultura debate experiências brasileiras com polos produtivos de fruticultura

COMPARTILHE

Divulgação/Agência de Defesa Agropecuária do Paraná
Pessoa colhendo uvas verdes
Deputado lembra que o Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de frutas

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados debate na próxima terça-feira (29) as experiências brasileiras com polos produtivos de fruticultura. O deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), que solicitou a audiência pública, destaca que o Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de frutas do mundo, pois possui uma diversidade climática e geográfica que possibilita o cultivo de diversas frutas em diferentes regiões ao longo do ano.

“A fruticultura no Brasil valoriza a riqueza vegetal e cultural do País, baseando-se nos três pilares da sustentabilidade – econômico, social e ambiental –, preservando a biodiversidade, gerando empregos e promovendo o desenvolvimento regional”, afirma.

“A produção brasileira de frutas ultrapassa as 41 milhões de toneladas, ocupando em média 2,6 milhões de hectares – ou seja, apenas 0,3% do território nacional é ocupado pela fruticultura, diante dos 7,8% ocupados por lavouras. São mais de 940 mil estabelecimentos agropecuários distribuídos em todas as regiões do País, dos quais, 81% se enquadram como agricultura familiar. Em 2021, a atividade frutícola empregou 193,9 mil trabalhadores formais, o que corresponde a 11,5% do total de postos de trabalho na agropecuária”, detalha.

Vieira de Melo diz que, atualmente, apenas sete variedades de frutas representam mais de 80% do faturamento do setor no mercado externo e que há potencial para aumentar a produção, a oferta e a participação no cenário global. E ressalta ainda a importância da promoção do consumo de frutas no mercado interno para o fortalecimento da cadeia produtiva.

Convidados
Foram convidados para debater o assunto com os parlamentares, entre outros:
– o pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura Domingo Haroldo Rudolfo Conrado Reinhardt;
– o coordenador de programa na Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), Luiz Antonio Palladini;
– o diretor de inovação e conhecimento do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), André Vicente de Sanches.

A audiência está marcada para as 10 horas, no plenário 6.