logo_mco_2023_200X75
logo_mco_120X45

Publicidade

Publicidade

Adubo verde: Espécie arbórea gera até 900 quilos de nitrogênio por hectare anualmente.

COMPARTILHE

A gliricídia é uma espécie arbórea que tem ganhado destaque por sua capacidade de gerar até 900 quilos de nitrogênio por hectare ao ano, o que pode reduzir os custos e os impactos da aplicação desse nutriente. Além disso, ela é uma potente geradora de biomassa, o que a torna muito versátil.

Antes da colheita mecanizada, o manejo da gliricídia era trabalhoso para os agricultores. A planta pode atingir até 15 metros de altura, o que tornava a colheita manual um processo difícil. No entanto, a Embrapa desenvolveu uma técnica que permite a colheita mecanizada, utilizando uma colhedora de forragem. Isso não só facilita o trabalho, mas também reduz o tempo de colheita e o custo de manejo, além de favorecer a rebrota da planta.

A gliricídia é uma leguminosa de múltiplos usos, podendo ser utilizada como adubo verde devido à sua capacidade de gerar nitrogênio. Os pesquisadores da Embrapa Agrobiologia desenvolveram um sistema de manejo mecanizado, que inclui a produção de mudas com sementes inoculadas com uma bactéria fixadora de nitrogênio específica para a gliricídia.

Além disso, a planta pode ser propagada tanto por estacas quanto por sementes, sendo que a propagação por sementes proporciona uma maior variedade genética e torna a planta mais resistente a estresses ambientais. A colheita mecanizada garante a rebrota da planta com altura uniforme e reduz o tempo de operação em comparação com a colheita manual.

A gliricídia é uma verdadeira fábrica de nitrogênio, originária do México e com boa capacidade de adaptação a diferentes condições climáticas. Ela pode ser cultivada em várias regiões do Brasil, desde que as condições de altitude e temperatura sejam adequadas. Além de sua importância como adubo verde, a gliricídia pode ser utilizada como mourão vivo, para produção de madeira e lenha, e como tutor vivo para culturas agrícolas.

Em resumo, a gliricídia é uma planta versátil e de grande potencial, que pode trazer inúmeros benefícios para os agricultores, desde a geração de nitrogênio para o solo até o fornecimento de biomassa para diversas aplicações. A pesquisa e o desenvolvimento de técnicas de manejo, como a colheita mecanizada, são fundamentais para garantir o melhor aproveitamento dessa espécie arbórea.

Com informações da Embrapa
Fotos: Foto: Ednaldo Araújo / Embrapa

0

LIKE NA MATÉRIA

Publicidade